sábado, 18 de agosto de 2012

CAMPANHA DO PSOL

Veja quem são nossos candidatos a vereador e suas propostas para Poá.

Saiba ainda tudo o que ocorre na campanha, agenda, reuniões, debates, programa de governo e muito mais em



sexta-feira, 10 de agosto de 2012

PSOL DE POÁ LANÇA CAMPANHA NA INTERNET COM TRANSMISSÃO DE TWITCAM

No próximo domingo, dia 12, o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) de Poá lançará oficialmente sua campanha eleitoral na internet com a transmissão ao vivo da primeira Twitcam do Professor Milton Bueno, candidato a Prefeito, e com o lançamento de seu site, a partir das 19 horas.

Na Twitcam, Milton Bueno irá divulgar suas propostas, comentar sobre Poá, dialogar com os internautas e responder seus questionamentos. “Esta é uma iniciativa pioneira dentre as campanhas da cidade e é um importante instrumento de diálogo que utilizaremos para falar com os eleitores poaenses”, lembrou o candidato

A ferramenta, disponibilizada pela rede social Twitter, é um chat para usuários com transmissão de vídeo ao vivo. É preciso possuir uma conta no Twitter para participar. O link para acessar a primeira Twitcam da campanha será divulgado no dia do evento, nos perfis do PSOL de Poá, nas redes sociais.

O site levará aos eleitores a possibilidade de conhecer mais sobre a história do candidato a prefeito, suas propostas, sua agenda de campanha, além de oferecer o acesso aos sites individuais de todos os candidatos a vereador do partido. O espaço será regularmente alimentado com vídeos, fotos e textos e terá espaço para que os internautas interajam e opinem. O endereço de acesso estará disponível no domingo em: www.miltonbueno.com.br

O PSOL de Poá acredita que a internet é um veículo de comunicação imprescindível para se chegar até o eleitor e para interação, e por isso, está presente nas mais importantes mídias sociais, fazendo uso massivo de todas as outras ferramentas que a rede proporciona.

sábado, 4 de agosto de 2012

PROF MILTON BUENO SE DESTACA EM DEBATE

MILTON BUENO SE DESTACA EM DEBATE


O debate sobre os desafios a serem enfrentados pelo próximo Prefeito de Poá, que ocorreu na última quarta-feira, 26, na Câmara Municipal, deixou claro a diferença entre os candidatos dessa disputa. Os políticos tiveram no final do evento tempo para considerações e o Professor Milton Bueno (PSOL) mostrou que se destaca dos demais e é o mais preparado para assumir o cargo máximo do Executivo poaense.

Dentro do seu tempo de fala, Milton destacou que o projeto apresentado pelo PSOL está sendo desenvolvido em conjunto com a população e exatamente por isso possui as melhores propostas para a cidade. “Nosso programa de governo vem sendo construído, não começou e nem vai terminar agora. Nós estamos vivendo um ciclo de debates junto com a população e acredito que programas de governo sempre devem estar abertos para novas sugestões. Essa flexibilização dos programas de governo permite que acertos sejam contemplados e erros reajustados”.

Milton Bueno explicou o projeto do partido de aplicar a coleta seletiva em Poá. “Nós temos a proposta de implantar em 100% das residências do município a coleta seletiva. Nós temos tranquilamente condições para fazer isso em uma cidade de 17km², com aproximadamente 35mil imóveis”.

O candidato ainda ressaltou também a denúncia feito pelo partido na última semana, onde representantes do PSOL constataram a presença de um terreno onde possivelmente há o deposito ilegal de resíduos sólidos, num serviço prestado pela Prefeitura poaense.

Ao fim da fala, Milton foi aplaudido e os militantes presentes saudaram a ótima participação do candidato e saíram confiantes do crescimento da campanha na cidade.

O debate foi organizado pelo Comitê da Cidadania Ativa, Instituto de Formação Política Augusto Boal e o Blog de Poá, contando com a presença de especialistas de meio ambiente, comunicação, cultura e de gestão pública. Os membros da mesa trataram de políticas de coleta seletiva e saneamento básico, análise de programas culturais pra cidade, ferramentas para a prática da transparência da administração pública e as formas de participação popular na gestão dos governos.

Além de Milton Bueno, candidato do PSOL, estiveram presentes no debate Augusto de Jesus, candidato à Prefeitura pelo PRB e Pedro Campos Fernandes do PMDB. Os demais candidatos, apesar de convidados, faltaram ao debate.

quinta-feira, 26 de julho de 2012

PSOL SOLICITA INVESTIGAÇÃO AO MP SOBRE LIXÃO EM POÁ

O Partido Socialismo e Liberdade (Psol) de Poá solicitou ao Ministério Público (MP) investigação sobre a manutenção de um lixão no bairro da Vila Varela. Após receber denúncias, o partido constatou as possíveis irregularidades apontadas por moradores da região. O local, que deveria ser uma área de transbordo, serve como depósito de resíduos sólidos, lixo orgânico e até mesmo lixo hospitalar.
Militantes do Psol constataram um grande terreno sem edificações, com árvores remanescentes da Mata Atlântica e uma série de problemas relatadas pela população. Por conta de o portão principal estar destrancado, os representantes do partido puderam ver com clareza a existência de pilhas de entulho, lixo doméstico, árvores cortadas, lixo hospitalar e até mesmo um aterro, de lixo e entulho, feito em praticamente todo o local.
A Prefeitura de Poá não possui autorização para construir ou edificar aterro sanitário ou lixão, e exatamente por este motivo possui contrato com empresa concessionária para realizar o trabalho de transbordo e destinação dos resíduos sólidos. O pedido ao MP pede que se investiguem danos ambientais e atos de improbidade administrativa patrocinados por agentes públicos.

Candidato a Prefeito de Poá pelo PSOL, o Professor Milton Bueno esteve presente na visita ao local e demonstrou indignação com a situação ali encontrada. “Em tempos de discussão de um mundo que respeite o meio ambiente, não se pode permitir que o Poder Público crie lixões irregulares. Solicitamos a imediata investigação do MP para análise do terreno”, disse Milton.
Além do candidato ao cargo executivo, o Presidente Municipal do Psol, Prof Carlos Datovo, relatou o descaso ali encontrado. “Queremos uma severa investigação sobre a situação do terreno. Não é possível que seja instalado um lixão no meio de um bairro. A fotos comprovam as denúncias”, garantiu Datovo

Ao aceitar a denúncia, o Ministério Público pode abrir uma investigação e caso realmente se constate irregularidades pode solicitar abertura de Ação Civil Pública.

domingo, 22 de julho de 2012

DS CONFIRMA: PSOL TEM MAIS PROPOSTAS PARA POÁ

Milton Bueno
PSOL lidera na quantidade de projetos para a cidade

A candidatura do Prof Milton Bueno a Prefeito de Poá é disparada a que mais construiu propostas em Plano de Governo para o município. Segundo levantamento do Jornal Diário de Suzano, somando todos os candidatos, o PSOL apresentou metade do total de 335 projetos.

O PSOL, em seu prévio Plano de Governo, lançou 162 projetos para transformar a cidade no exercício da radicalização da democracia. O segundo candidato da lista apresentou apenas 70 ideias. Outros apresentaram propostas vagas e genéricas. Todos os planos de governo podem ser visualizados na página de candidaturas do Tribunal Superior Eleitoral 

O Prof Milton Bueno lembra, no entanto, que o plano ainda irá melhorar. "Estamos finalizando nossos seminários públicos de construção do plano de governo e iremos agregar novas propostas que foram enviadas pela população", lembra o candidato.

O partido, assim como nas eleições de 2008, demonstra sua preocupação com a cidade ao elaborar um plano de governo e ter projetos concretos para apresentar. Neste ano, o destaque do plano fica para a "Radicalização da Democracia", programas e metas que deverão propiciar a todos os cidadãos participar ativamente da gestão da cidade, opinando, indicando e fiscalizando. A Educação foi merecedora de grande preocupação e 34 projetos iniciais foram listados. O destaque será para a construção da Universidade Pública Municipal, o sonho de muitos poaenses.

A reportagem pode ser acompanhada neste link http://migre.me/9ZQSQ

sexta-feira, 20 de julho de 2012

PSOL INAUGURA CAMPANHA DE RUA EM POÁ

Dezenas de militantes do partido conversaram com a população

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) de Poá inaugurou a campanha eleitoral nas ruas da cidade neste sábado, dia 14. No período da tarde, ao menos 50 militantes distribuíram um jornal e dialogaram com a população. O material do partido apresenta perfis e proposta do candidato a prefeito, Prof. Milton Bueno, e dos vereadores da sigla.

O partido demonstrou organização e rapi

damente regularizou sua documentação perante o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Os documentos em ordem é que permitiram ao PSOL ser o primeiro a ir para as ruas conversar com a população.

Candidatos, militantes e simpatizantes fizeram uma caminhada, acompanhados de um carro de som e explicavam o mote da campanha: “A radicalização da democracia”. Para Milton Bueno, o trabalho de diálogo continua permanente. “Estamos diariamente, e também nos seminários, explicando como construir uma cidade democrática na prática e não apenas no papel. Visitaremos casa por casa para explicar nosso programa”, detalhou o candidato.

O grupo lançou ainda a campanha “Não recebo um real, tô na rua por ideal”. O objetivo é demonstrar que a política deve ser feita por militantes

voluntários e não por pessoas pagas. Além disso, serve para denunciar o alto custo das campanhas de outros partidos financiados por empresários.

Seminário

Após a caminhada, os candidatos e militantes foram para o Espaço de Cultura Socialista onde aconteceu mais um seminário para construção do plano de governo. Com o tema “Educação: qualidade, universalidade e formação para a cidadania”, o evento foi o mais concorrido da série.


Ao menos 150 pessoas acompanharam o debate entre o Deputado Federal Ivan Valente, Presidente Nacional do PSOL, Prof Júlio Zannata, do Cursinho Francisco de Assis, Virtude, do Consulta Popular e Prof. José Ibiapino.

Valente tratou da dura luta para conquistar no Congresso Nacional 10% do PIB para a Educação. “Nós lançamos o projeto desde 1998 e somente agora, após muita pressão, conseguimos aprová-lo. Deveria ser para já, mas já é uma conquista”,

garantiu o deputado

Virtude fez um levantamento histórico do processo educacional. “A escola, como a conhecemos, foi levantada para treinar mão-de-obra para o capital, é preciso rever isso”, pediu. Ibiapino, por sua vez, levantou dados estatísticos de escolas e alunos do município. “Não basta criarmos prédios bonitos, é importante que haja qualificação dos professores e redução de alunos nas salas de aula”, lembrou.

Julio, que trouxe a experiência de 11 anos no trabalho com alunos de cursinhos comunitários, explicou o déficit de aprendizado que carregam os alunos de escola pública. “Hoje os alunos não sentem mais vontade em estudar. As ferramentas precisam ser modernas aliadas a um processo pedagógico que ao mesmo tempo emancipe e motive-os a estudar para futuramente ingressar numa universidade pública”.

A série de seminários terá mais duas atividades. No próximo sábado, dia 21, o tema será “Direito à cidade: transporte, habitação, segurança e o acesso a espaços públicos”. Na semana seguinte, dia 28, o partido finalizará a construção do plano de governo com o debate sobre “Saúde Pública e o papel histórico do SUS”.

Os eventos ocorrem no Espaço de Cultura Socialista, a partir das 16 horas, na Rua Fernando Pinheiro Franco, 40, centro de Poá.

domingo, 15 de julho de 2012


Propostas para transformar Poá em uma cidade muito melhor!


Propostas para transformar Poá em uma cidade muito melhor!

O PSOL está construindo o Programa de Governo em Seminários abertos à população. Participe!

·         Radicalização da democracia e da participação popular através dos Conselhos Populares;
·         Auditoria Pública nas contas da Câmara e Prefeitura;
·         Redução drástica dos cargos de confiança; Promoção de Concursos Públicos sérios;
·         Investimento na qualidade da saúde pública, contratação de médicos especialistas, equipamentos e atendimento 24h em Postos de Saúde;
·         Municipalização das fontes de água mineral;
·         Incentivo e financiamento à coleta seletiva, com meta de atendimento de 100% das residências;
·         Criação da Universidade Pública Municipal de Poá;
·         Educação integral na rede municipal de ensino;
·         Garantia de vagas em creches para todas as crianças e oferta de vagas no período noturno;
·         Criação das Lavanderias Públicas;
·         Redução no valor das passagens de ônibus; Revisão do   contrato da empresa Radial e criação da Empresa de Transporte Público Municipal – ETPM; Passe livre nos transportes para estudantes e desempregados;
·         Municipalização dos serviços funerários;
·         Cotas para negras/os nos concursos públicos municipais;
·         Criação do Mercadão Municipal com alimentos produzidos por agricultura familiar ou beneficiados por reforma agrária;
·         Leis de incentivo à cultura e aos artistas da cidade;
·         Investimento no esporte como prática de lazer e cidadania.



PARTICIPE DOS SEMINÁRIOS DO PSOL


segunda-feira, 18 de junho de 2012

PSOL DE POÁ LANÇA MILTON BUENO CANDIDATO A PREFEITO

Partido inicia Ciclo de Seminários para Programa de Governo

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) de Poá oficializará no próximo domingo, dia 17, em sua Convenção Municipal, os candidatos da sigla que irão concorrer nas eleições de outubro. O evento, que ocorrerá no Espaço de Cultura Socialista, no centro da cidade, deve aprovar o Professor Milton Bueno como o representante do partido na disputa pela prefeitura.

A Convenção é o espaço legal determinado pela Justiça Eleitoral para homologação de candidaturas. Desde novembro de 2011, no entanto, o PSOL já havia decidido apresentar seu nome mais forte para o pleito ao executivo e naquela oportunidade lançou a pré-candidatura de Milton Bueno.

Carlos Datovo, Presidente do Diretório Municipal, garante que a data marca um novo rumo para a esquerda poaense. “Neste dia, reuniremos militantes, amigos e simpatizantes que romperam com projetos atrasados, conservadores, fisiológicos, e que vão discutir um novo projeto para a cidade, mostrando qual é o único projeto socialista voltado aos trabalhadores do município”, garante.

Além de apresentar também os candidatos a vereador pelo partido, os militantes irão neste domingo debater o tema que norteará o Plano de Governo Popular do PSOL: a “Radicalização da Democracia”. Milton Bueno lembra que é preciso pensar a participação popular de forma diferente. “Não é possível que o cidadão participe das decisões apenas em período eleitoral. O PSOL quer discutir uma cidade mais participativa, inclusiva e que responda mais rápido ao anseio do povo”, salienta.

O evento é aberto ao público em geral. O Espaço de Cultura Socialista se localiza na Rua Fernando Pinheiro Franco, 40, Centro (rua em frente aos Correios).

Programa de Governo

O PSOL segue com seu calendário de seminários que buscam construir o Plano de Governo. Convidados virão contribuir com os seminários do partido. Estarão em discussão a democracia direta na cidade, o meio ambiente, a segurança, a juventude, educação e outros temas que irão compor o plano de governo para cidade.

Veja a agenda completa

16/06 – 16h – Democracia Direta, Participação Popular e Combate a Corrupção na Administração Pública

23/06 – 16h – Juventude e Cultura: Papel do Estado, Políticas Públicas e Resistência

27/06 – 19h – Saúde Pública o e o papel histórico do SUS

30/06 – 16h – Meio Ambiente: Poá e o compromisso sócio-ambiental pós Rio+20

07/07 – 16h – Racismo, Machismo e Homofobia: formação da mentalidade e garantia de direitos

14/07 – 16h – Educação: qualidade, universalidade e formação para a cidadania

21/07 – 16h – Direito à cidade: transporte, habitação, segurança e o acesso aos espaços públicos.

PSOL DE POÁ ENVIA COMISSÃO PARA RIO+20


Membros irão trazer experiências para serem aplicadas na cidade


O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) de Poá enviará militantes para participar dos debates da Rio+20, Conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre Desenvolvimento Sustentável que ocorre de 13 a 22 de junho, no Rio de Janeiro. O evento discutirá um novo mundo ambientalmente sustentável e socialmente justo. A intenção é acumular conhecimento para aplicar nos seminários de construção do plano de governo do partido.

O Professor Milton Bueno, idealizador dessa experiência, entende que é preciso participar de eventos como esse para conhecer o que há de mais moderno na discussão ambiental. Para ele, “a ida de jovens poaenses ao Rio de Janeiro deixa uma perspectiva de estarmos atentos às discussões mais importantes na atualidade, desenvolver sem depredar nossas cidades”.

O PSOL tem sido referência numa defesa intransigente do meio ambiente. No Congresso Nacional, 100% de sua bancada votou contra a reforma do Código Florestal, que permite o aumento do desmatamento. E agora, participa de uma campanha nacional de desmatamento zero.

A Rio+20 é a Conferência das Nações Unidas que vai tratar de desenvolvimento sustentável. Ela ocorre 20 anos depois da ECO-92, evento que marcou mundialmente os debates sobre o meio ambiente. Na Rio+20, os chefes de Estado que pertencem a ONU vão discutir a agenda de desenvolvimento dos próximos anos, a erradicação da pobreza, a institucionalização dessa sustentabilidade e a aplicação da economia verde.

A Cúpula dos Povos, que acontece paralelamente, é o evento organizado pela e para a sociedade civil e vai discutir os assuntos que a Rio + 20 retratará e muitos outros que não estão na programação do evento das autoridades. A cúpula ocorrerá no Aterro do Flamengo. Movimentos sociais, voluntários de diversas frentes da questão ambiental, estudantes e instituições irão participar desse evento. Pessoas do mundo inteiro irão acompanhar, inclusive estarão em acampamentos, além de um trabalho de solidariedade com barracas, banheiros e refeitórios. As atividades vão girar em torno de três frentes: denúncia das causas estruturais das crises, das falsas soluções e das novas formas de reprodução do capital, soluções e novos paradigmas dos povos e estimular organizações e movimentos sociais a articularem processos de luta anticapitalista pós-Rio+20.

Representarão o partido a Aline Guarizo, Caio Martinez e Juliana Almeida, também do Coletivo Educador VoS - Alto Tietê Cabeceiras. Aline comenta sobre essa grande oportunidade. “É um evento de destaque mundial e nós, brasileiros, temos que dar exemplo de participação e cidadania, contribuindo na luta pela justiça ambiental e social”, lembra.

Juliana Almeida explica que a experiência adquirida no evento servirá para toda a região. “Os voluntários ambientais têm atuado de forma intensiva no Alto Tietê e certamente voltaremos com mais conhecimento para ampliar nossa atuação. Nossa missão aqui é denunciar a mercantilização dos recursos naturais”, sintetiza.


quarta-feira, 23 de maio de 2012

ENTIDADES PROMOVEM EM POÁ DEBATE SOBRE CRIMINALIZAÇÃO DOS MOVIMENTOS SOCIAIS

Evento faz parte de atividades de formação política 


Por uma cidade mais justa, lutar não é crime!

No próximo sábado, dia 26, à partir das 14h, entidades de Poá irão promover na Câmara Municipal Seminário sobre Criminalização dos Movimentos sociais. Já estão confirmados para este evento de formação política, Plínio de Arruda Sampaio, candidato a Presidente em 2010, Ivan Valente, Deputado Federal e Professor Carlos Giannazi, Deputado Estadual, do PSOL.

O ato ocorrerá num momento em que os militantes de movimentos sociais sofrem muitas retaliações, seja por parte do governo, dos políticos coronelistas ou mesmo por parte de patrões. O recado a ser dado é de que lutar por direitos não é crime.

Dessa forma, a atividade foi programada para debater a constante repressão que recai sobre os movimentos sociais quando lutam por seus direitos. “É comum ver professores ou militantes do movimento sem teto serem atacados quando fazem alguma manifestação”, lembra Patricia Firmino, membro do Comitê.

Estão sendo chamados diversos movimentos da cidade, entre eles o estudantil, de juventude, de moradia e sindical. “O ato é aberto para toda a cidade de modo que possamos ampliar a discussão de temas tão importante para a vida em sociedade”, explica o Professor Carlos Datovo, Presidente do PSOL de Poá.

Em ano eleitoral, quanto mais informação e formação for difundida, mais as pessoas estarão preparadas para as escolhas. “O papel da UNEafro é promover debates e construir novos conhecimentos que não fiquem no senso comum, dessa forma trouxemos pessoas bem críticas para provocar uma reflexão”, garante Douglas Belchior, membro da rede de cursinhos.

Estará ainda em pauta discussão sobre mobilização da juventude, respeito ao meio-ambiente e movimentos que combatam o racismo e a homofobia.

O debate será organizado pela UNEafro, rede de cursinhos pré-vestibular, pelo Comitê Cidadania Ativa e pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) – Diretório Municipal.

O evento inicia-se as 14h com previsão de término as 17h. A Câmara Municipal se localiza na Rua Vereador José Calil, 100, Centro de Poá.

domingo, 11 de março de 2012

PSOL PEDE AO MPE INVESTIGAÇÃO CONTRA DENEVAL DIAS

O Partido Socialismo e Liberdade de Poá (PSOL) protocolou nesta segunda-feira, dia 05, pedido no Ministério Público Eleitoral (MPE) de Poá para investigação sobre a regularidade do mandato do Vereador Deneval Dias do Nascimento (PRB), Presidente da Câmara Municipal. O requerimento aponta a condenação do parlamentar no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ/SP) e pede verificação se o político tem de largar imediatamente a função, caso esteja inelegível segundo a Lei 135/2010, a Ficha Limpa.

Em 21 de março de 2011, Deneval Dias foi condenado por improbidade administrativa em julgamento ocorrido no TJ/SP. O recurso impetrado por seus advogados contra a decisão de primeira instância foi provido em parte, mas mantendo condenação ao réu. O processo 0016584-47.2005.8.26.0462 transitou em julgado em 26 de abril de 2011

Segundo a Juíza de Direito Cristina Inokutti, no julgamento do caso no Fórum de Poá, em 06 de Outubro de 2009, “a falta de publicidade dos atos administrativos e a não submissão do contrato administrativo ao procedimento licitatório revelam ofensa aos princípios da Administração Pública, nos termos do art. 37 da Constituição Federal. Ressalto que estas condutas são caracterizadas como atos de improbidade, de acordo com os incisos IV e V, art.11, da Lei 8429/1992”

Para o Professor Carlos Datovo, Presidente do Diretório Municipal do PSOL, todos os políticos que tenham pendência na justiça precisam ser reavaliados. “Após a decisão do Superior Tribunal Federal (STF) sobre a constitucionalidade da lei, é importante verificar caso a caso, quem é ou não Ficha Suja. Caso esteja inelegível, tem de sair do mandato, como diz a Lei Ficha Limpa.

A Lei 135 de 04 de junho de 2010, conhecida como Ficha Limpa em seu Art 1º, Inciso I, letra “e”, item 1, trata de inelegibilidade daqueles que forem condenados por crimes contra a administração pública. Quando houver condenação por um órgão colegiado, o político fica inelegível e a Justiça Eleitoral tem de cancelar o diploma daquele que esteja exercendo mandato. Diante disso, o PSOL solicitou investigação sobre o caso e agora aguarda a manifestação do MPE.

Psol de Poá

Diretório Municipal

domingo, 26 de fevereiro de 2012


EM 24 DE FEVEREIRO, MOVIMENTO REÚNE 300 PESSOAS NA CÂMARA MUNICIPAL DE POÁ EM SEÇÃO EM QUE VEREADORES APROVAM, CONTRA A VONTADE DO POVO, SALÁRIOS ABSURDOS.










Poá, 23 de Fevereiro de 2012

NOTA OFICIAL SOBRE AUMENTO DE SALÁRIO DE VEREADORES, SECRETÁRIOS, VICE PREFEITO E PREFEITO DE POÁ- SP

Nesta sexta-feira, dia 24 de fevereiro, os vereadores de Poá devem aprovar Projetos de Lei que exigem imediata reação da sociedade. Os projetos objetivam aumentar os salários dos vereadores, secretários municipais, vice e prefeito.

Uma rápida avaliação sobre as contas públicas do país demonstram o recuo em investimentos em saúde, educação e segurança. O mais recente ato do Governo Federal foi reduzir o orçamento em R$ 50 bilhões. Tal atitude, que ocorre num cenário de grave crise do sistema capitalista, demonstra que os recursos públicos estão sendo desviados de importantes áreas sociais. Na contramão desse processo, nossos políticos, enraizados num processo colonialista, que visa o enriquecimento através de mandatos, querem a cada dia aumentar suas benesses.

Toda a ação proposta pelo legislativo poaense merece atos de repúdio. Os projetos, com seus respectivos índices de aumento, sequer foram oficialmente publicados, com clara intenção de não promover um debate na cidade. A própria sessão, marcada para uma sexta-feira, posterior ao feriado de Carnaval, demonstra esse desejo da Câmara. Além disso, sem qualquer explicação, e sem urgência explícita, uma sessão extraordinária ocorrerá logo após a ordinária, para evitar qualquer forma de pressão externa sobre os possíveis votos dos parlamentares. Mas, o pior, ainda estava por vir: o índice de reajuste. Embora os dados do PL não sejam públicos, sabe-se que alguns salários poderão aumentar 100%.

Não somos contra subsídios para aqueles que detenham mandato. Inclusive, achamos que os atuais valores pagos são suficientes para que possam exercê-los de maneira ética, eficiente e, sobretudo, lhes dêem condições de serem independentes, condição essencial para cumprir com suas funções. Acreditamos, contudo, que não se faz necessário sequer correção pelo índice de inflação, pois o aumento salarial de 2008 já fora grande o suficiente.

Diante disso, não há motivo algum para que haja aumento salarial de Vereadores, Secretários, Prefeito e Vice. Se for concretizado, só demonstrará a falta de respeito em relação aos cidadãos que pagam seus impostos em dia e desejam vê-los investidos em saúde, educação, saneamento e habitação. Ao proporem essa imoralidade, os vereadores somente legislam em causa própria e iniciam o último ano dessa legislatura de forma melancólica e sepultando a boa prática política.


Assinam

Coletivo de Professores de Esquerda de Poá
Partido Socialismo e Liberdade de Poá (PSOL)
UNEafro-Brasil (Movimento Negro e Educacional)
VoS - Movimento dos Voluntários Ambientais
PSOL NAS RUAS!

Militantes denunciam aumento abusivo dos salários de Vereadores, Secretários, Prefeito e Vice, na última quinta feira, dia 23/02, na Praça Sto. Antonio, centro de Poá.





terça-feira, 29 de novembro de 2011

Debate Psol IVAN VALENTE - “MUNICÍPIOS: Terreno Fértil para os Mensalinhos”


Como ilustre convidado à cerimônia, IVAN VALENTE, combatente histórico da das forças de Esquerda em São Paulo e no Brasil, atualmente é Deputado Federal e atuo bravamente no Congresso Nacional. Em sua intervenção Ivan retrata a realidade da maior parte dos municípios brasileiros, onde o coronelismo e a baixa política impera, através de acordos, corrupção e promiscuidade na relação entre Executivo e Legislativos, terreno esse fértil para a prática dos chamados Mensalinhos para Vereadores e Secretários. Qualquer paralelo com a vida real em Poá, não é mera coincidência!

Debate Interno do Psol - "Abaixo a ditadura do Executivo e do Legislativo: Democracia Direta Já!"


Nessa terceira parte, denominada "Abaixo a ditadura do Executivo e do Legislativo: Democracia Direta Já!", Milton expõe denuncia a farsa da democracia representativa, que exercida por partidos e políticos corrompidos pela uso indevido da máquina e do dinheiro público, utilizam-se dos espaços de direção do Estado para seus interesses individuais, de grupos e de oligarquias, como sempre vimos em Poá. Ao mesmo tempo explicita o projeto de combate à corrupção da única forma eficaz possível: através de uma abertura ampla, geral e irrestrita da administração pública e da permanente auto-fiscalização, bem como da fiscalização pública dos atos do executivo e do legislativo.

Debate Interno Psol - Milton - PARTE 4 - Final - "Conselhos Populares, Organização e Utopia"


Debate de Projeto, Programa e lançamento da pré-candidatura interna ao PSOL-Poá do companheiro Milton Bueno à condição de representante do partido nas eleições municipais de 2012, realizado em 27 de Novembro de 2011.

Nessa quarta e última parte, denominada "Conselhos Populares, Organização e Utopia", Milton expõe o que entendemos por Conselhos Populares efetivamente democráticos e sua atuação como ferramenta eficaz de participação direta da população nas decisões políticas na cidade. Fala também da grande frustração com a traição do PT e da grande esperança e motivação com o construção de uma nova alternativa de esquerda para Poá, para São Paulo e para o Brasil.

Debate Interno Psol - Milton - PARTE 2 - "A Democracia Direta"




Debate de Projeto, Programa e lançamento da pré-candidatura interna ao PSOL-Poá do companheiro Milton Bueno à condição de representante do partido nas eleições municipais de 2012, realizado em 27 de Novembro de 2011.

Nessa segunda parte, denominada "A Democracia Direta", Milton expõe as premissas das idéias de organização de um governo radicalmente democrático e diferente na forma e no conteúdo, de tudo o que já foi experimentado em Poá.

Debate no Psol - Poá - Milton - PARTE 1 - "O Grande Desafio"





Debate de Projeto, Programa e lançamento da pré-candidatura interna ao PSOL-Poá do companheiro Milton Bueno à condição de representante do partido nas eleições municipais de 2012.

Nessa primeira parte, denominada "O Grande Desafio", Milton expõe os desafios que virão pela frente na disputa ideológica e econômica desigual que o partido deverá enfrentar no próximo período.

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

PSOL PROMOVE ATO DE PRÉ-CANDIDATURA DE MILTON BUENO

Evento receberá lideranças e deputados do partido

O PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) de Poá promove no próximo domingo, dia 27, ato político-cultural para lançar Milton Bueno como pré-candidato a prefeito nas eleições municipais de 2012. Líderes nacionais virão apoiar a decisão dos militantes da sigla, como Plínio de Arruda Sampaio, candidato a presidente em 2010, e os deputados Ivan Valente e Prof Carlos Gianazzi, além da direção estadual.

Os filiados do PSOL decidiram nos debates internos, de forma unânime, que o melhor nome para a disputa ao executivo seria o de Milton Bueno, que já fora eleito três vezes vereador na cidade. Milton Bueno sempre foi sinônimo de mandatos populares nos quais seguia com rigor a ética, a fiscalização da probidade administrativa e lutou contra os desmandos na Câmara Municipal de Poá. Ele foi ainda o autor da denúncia que condenou vereadores por viajarem com o dinheiro público. Em 2004, quase foi eleito prefeito quando obteve expressiva votação e chegou aos 10.733 votos. Em 2008, foi o quarto político mais votado na cidade para vereador, mas não foi eleito porque seu então partido não conseguiu coeficiente eleitoral.

O PSOL debate mensalmente, em reuniões abertas, o programa de governo e a partir de agora aprofundará os temas de interesse da cidade. Já no domingo, representantes de movimentos sociais, culturais e de outras siglas partidárias darão apoio à pré-candidatura de modo que um novo grupo se fortaleça. A idéia em construção é radicalizar a democracia participativa. “Um governo de esquerda, socialista, deve quebrar paradigmas na prática da democracia direta, através, por exemplo, da organização permanente de plenárias populares deliberativas que, de fato, faça a população decidir os rumos do município”. Lanço, portanto, a pré-candidatura com este desafio”, explicou Milton Bueno.

O evento será no V8 Rock Bar, localizado na Rua Capitão Moura, 300, Calmon Vianna (Continuação da Av Getúlio Vargas). Após o debate político, os participantes poderão acompanhar o jogo do campeonato brasileiro e em seguida curtir música no local.

Milton Bueno tem 50 anos. É professor Titular na EE. Benedita Garcia da Cruz, em Poá, desde 1982 e na EMEF. Dr. José Pedro Leite Cordeiro, São Paulo, desde 1993.